Ayutthaya – Sua Maior Riqueza: Pessoas

Ayutthaya foi capital da Tailândia de 1350 a 1767 a.C e as ruínas de sua arquitetura demonstram claramente a grandiosidade desse reino em seus tempos de gloria.

Governada por diversos reis teve sua queda após perder a guerra com a Birmânia, o que levou a capital a ser transferida para Bangkok.

Wat Chai Watthanaram

As ruínas são impressionantes e o estilo arquitetônico marcante composto principalmente por torres (pagodas) e estátuas de Buddha, hoje quase tudo destruído.

De Bangkok é possível chegar de trem que parte da estação de metro Hua Lamphong – mesmo nome para ambas. A chegada foi marcada pelo calor intenso do cidade e para chegar ao hostel precisei de um tuk tuk, pois era do outro lado da cidade.

No primeiro dia fui conhecer as ruínas de Wat Chai Watthanaram de bicicleta, isso por volta das 16h e o sol já estava por trás das nuvens, então o calor de 36o estava suportável, depois o jantar foi numa barraca de comida de rua incrivelmente deliciosa.

No dia seguinte sai cedo com a bicicleta e fui amplamente surpreendida com o calor e não consegui continuar o passeio com ela. Contratei uma motocicleta (me custou uma pequena fortuna) que me levou nas principais ruínas, templos e no Floating Market (esse foi presente do guia). Caso decida ir tenha cuidado com os passeios e show com elefantes ao lado, pois são de procedência duvidosa.

Ayutthaya

Uma cidade graciosa, de pessoas simples e gentis, ganhei muitos sorrisos, carinho e acolhimento de todos, claro que os motoristas de tuk tuk são os mesmo espertos em todo lugar. Cada corrida deveria sair por 30 ou 40 baths, mas não espere menos de 100baths, então se puder, evite-os.

O sistema de transporte da cidade é confuso, não descobri como usar os ônibus locais e se soubesse antes da opção teria alugado uma motocicleta para fazer os passeios. De bicicleta é possível dentro da cidade antiga, mas o calor torna tudo complicado e a motocicleta te ajuda a fazer tudo mais rapidamente.

Guia em Ayutthaya

Para entrada em alguns templos é exigido pagamento de taxa, em outros não. Nesses de entrada gratuita é esperado que o visitante faça uma doação para ajudar com as despesas de manutenção e são recebidas com muita gratidão pelos locais, se lhe for possível, procure contribuir porque irá receber muito mais em retorno deles.

Um local que recomendo a permanência por uns dois a três dias dependendo de como conseguir se arrumar com o transporte. Não consegui visitar tudo o que gostaria, mas os principais pontos entraram para o mapa. Se quiser entrar em contato com a cultura local aqui você terá receptividade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s