A Saúde do Fígado com a Aromaterapia – Parte I

em

Dia 23.08.18 estive na TV Gazeta falando ao vivo no programa Você Bonita com a Carol Minhoto sobre como deixar o seu fígado saudável usando óleos essenciais no seu dia a dia e vou deixar alguns artigos com as informações para vocês aproveitarem ao máximo essa arte de cura que é a aromaterapia.

O fígado é um dos órgãos responsáveis pela limpeza e desintoxicação de todos nos organismo e, infelizmente, nossos hábitos contemporâneos parecem ir justamente na mão contrária e fazer com que esse precioso aliado da saúde fique sempre sobrecarregado: álcool, açúcar, massas, fumo, gordura, alimentos ultra processados, medicamentos sintéticos e por ai vai fazem parte da lista de toxinas que nem sempre nosso fígado consegue dar conta. Na medicina tradicional chinesa ele é considerado o principal órgão para a saúde feminina, pois a partir dele é que se processa toda a produção hormonal e equilíbrio do sistema reprodutor feminino.

Tem dúvidas se pode estar com problemas? Consulte um clínico e explique seus sintomas e um exame de sangue para medir suas enzimas hepáticas pode ser um primeiro passo. Agora vamos aos nossos amados óleos essenciais que foram selecionados pelos sintomas que um desequilíbrio hepático pode causar:

Náusea

Gengibre (Zingiber ofiniallis)

Tubérculo muito usado na alimentação e medicina oriental é um dos óleos responsáveis não apenas por auxiliar na saúde do fígado, mas também por acelerar metabolismos, melhorar a memória e a energia geral do organismo.

Para quem sente náuseas pela manhã esse é um ótimo amigo, basta você pingar uma gota num lenço ou mesmo no papel higiênico e inalar até que tudo se normalize.

Energeticamente o gengibre nos fala sobre digerirmos melhor nossas ideias, sermos mais flexíveis, abrirmos mãos de nossos pontos de vista auto centrados e tomarmos cuidado para que nossa teimosia, que se acumula no fígado em forma de raiva, não venha a nos prejudicar física e emocionalmente.

Em 2011, o jornal de medicina Nutrição e Metabolismo publicou um estudo referente ao Gengibre e o efeito de sua atuação sobre a fibrose hepática e a restauração das células. O estudo prossegue, pois ainda não foi possível entender como essa atuação ocorreu e tem sido atribuída à ação antioxidante do óleo essencial e assim o sendo há mais motivos para comemorar, pois esse efeito não seria apenas para o fígado.

Na parte dois irei falar sobre os efeitos da preciosa Camomila 😉

Grande abraço,

Stela Kiill

 

kelly-sikkema-unsplash-mosaiconatural

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s